A norte-americana Amanda Knox passa pelo segundo dia de julgamento neste sábado na cidade de Perugia, na Itália.

A jovem de 21 anos é acusada de assassinar, em 2007, a britânica Meredith Kercher, com quem morava na cidade italiana na época. Segundo a acusação, o crime teria sido cometido por Knox e pelo então namorado, o italiano Raffaele Sollecito, durante uma mal-sucedida brincadeira sexual.

AP
Amanda Knox no tribunal

Knox deve ser interrogada pela promotoria hoje.

O julgamento começou ontem. Ela afirmou que, na noite do crime, estava com Sollecito na casa dele. Knox disse, ainda, que foi agredida pela polícia para prestar falso testemunho sobre o crime.

Leia mais sobre crimes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.