Acusações do Irã contra norte-americanos são infundadas--Hillary

WASHINGTON (Reuters) - A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse nesta segunda-feira que as acusações de espionagem do Irã contra três norte-americanos são totalmente infundadas e pediu pela libertação deles. Hillary disse também que as preocupações dos Estados Unidos com as intenções do programa nuclear iraniano aumentaram com comentários recentes de Teerã, incluindo o anúncio de que precisaria de mais unidades de enriquecimento nuclear, o que deve aumentar as profundas preocupações entre todas as pessoas.

Reuters |

"Em relação aos três norte-americanos, consideramos uma acusação totalmente infundada", disse Hillary. "Não há base para isto... Eles estavam caminhando e infelizmente, aparentemente, supostamente caminharam sobre uma fronteira não marcada. Pedimos à liderança iraniana para liberar estes três jovens".

Os três norte-americanos foram detidos após terem se perdido e entrado no Irã pelo norte do Iraque no fim de julho.

No mês passado, o judiciário do Irã divulgou as acusações de espionagem contra o trio -- Shane Bauer, 27, Sarah Shourd, 31, e Josh Fattal, 27. Suas famílias disseram que eles estavam fazendo uma excursão a pé e atravessaram a fronteira acidentalmente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG