Teerã, 20 abr (EFE).- O ministro iraniano de Assuntos Exteriores, Manouchehr Mottaki, insistiu hoje em que seu país ainda prefere a opção da troca de urânio e ressaltou que um acordo neste sentido representaria uma grande oportunidade para recuperar a confiança mútua.

Em uma rodada conjunta com seu colega turco, Ahmet Davutoglu, de visita em Teerã, o chefe da diplomacia iraniana desprezou o efeito dissuasório que possa ter uma nova bateria de sanções diplomáticas e reiterou em que a única solução "chegará através da diplomacia".

"Acreditamos que se a outra parte deseja de verdade modelar o acordo de troca nuclear, este se transformará em uma fonte de confiança multilateral para todas as partes, incluindo a República Islâmica do Irã", assinalou.

Voltou a reiterar que o controvertido programa nuclear de seu país "é totalmente transparente", tem fins pacíficos e está sob supervisão da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). EFE jm/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.