BARILOCHE, Argentina (Reuters) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira na cúpula de presidentes sul-americanos que o acordo militar entre Estados Unidos e Colômbia planta uma semente de guerra, e pediu que a região avalie a parceria. Que se ative o Conselho de Defesa da Unasul (União de Nações Sul-americanas) para avaliar este convênio, pediu Chávez.

(Reportagem de Damián Wroclavsky e Jorge Otaola)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.