Acordo entre EUA e Reino Unido para transferir preso de Guantánamo

Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha chegaram a um aordo para transferir para o Reino Unido o cidadão britânico Binyam Mohamed, um ex-detido da base americana de Guantánamo em Cuba desde 2004, anunciou nesta sexta-feira a chancelaria britânica.

AFP |

O anúncio acontece um pouco depois que o jornal Washington Post publicou que Mohamed, um cidadão etiópe de 30 anos com status legal de residente britânico, poderia ser repatriado para o Reino Unido a partir de segunda-feira.

O etíope chegou ao Reino Unido em 1994 e obteve asilo. Foi detido no Paquistão em 2002 por ser suspeito de terrorismo antes de ser trasladado para o Marrocos e o Afeganistão, onde, segundo seus advogados, foi torturado.

lgo/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG