Acordo de Google com sites limita notícias gratuitas

Os sites de notícia poderão estabelecer um limite no número de notícias disponíveis gratuitamente através do Google. O Google vinha oferecendo aos seus usuários acesso gratuito a sites de notícias que são normalmente pagos.

BBC Brasil |

Alguns sites de notícias acusaram o Google de ganhar dinheiro às custas deles com o programa. Entre os críticos está o magnata Rupert Murdoch, dono de vários jornais e canais de TV na Grã-Bretanha (The Times, The Sun, Sky TV), Austrália e Estados Unidos.

Pelo acordo entre o Google os sites, os usuários poderão acessar gratuitamente até cinco artigos por dia em sites de notícias pagas.

"Antigamente, cada clique de um usuário era tratado como gratuito", disse o gerente de produto do Google, Josh Cohen, em um comentário no blog da empresa.

"Agora nós atualizamos o programa para que os sites possam limitar a cinco por dia o número de acessos, sem registro ou assinatura."
Os usuários que clicarem pela sexta vez em um dia em uma notícia via site do Google terão de se registrar e pagar pelas notícias.

    Leia tudo sobre: google

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG