Acordo de coalizão tenta pôr fim à crise política na Ucrânia

O partido do presidente ucraniano Viktor Yushchenko, o da primeira-ministra Iulia Timoshenko e uma pequena força independente assinaram nesta terça-feira um acordo de coalizão depois de três meses de crise política.

AFP |

"Estou feliz pelo fato de que todos esses grupos políticos tenham assinado um acordo para criar a coalizão 'Desenvolvimento Nacional, Estabilidade e Ordem", declarou Boris Tarasiuk, um alto dirigente do Partido Nossa Ucrânia-Autodefesa Popular, ao qual pertence o presidente Yushchenko.

Persistem, no entanto, dúvidas sobre a viabilidade da coalizão, pois muitos deputados do partido do chefe de Estado se opõem a sua assinatura.

ant/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG