Ações sobem mais de 10% na Ásia após cortes de juro

Por Kevin Plumberg HONG KONG (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia registraram nesta quinta-feira a terceira sessão consecutiva de valorização. Os custos mais baixos das operações de financiamento e os esforços internacionais para prover liquidez para os mercados emergentes ajudaram os investidores a deixarem ativos considerados mais seguros.

Reuters |

Os mercados no Japão, Hong Kong e Coréia do Sul tiveram altas entre 10 e 12 por cento, na esteira do corte de juro nos Estados Unidos, onde o Federal Reserve reduziu para 1 por cento a taxa básica, o menor patamar desde junho de 2004.

China, Hong Kong, Noruega e Taiwan também promoveram cortes em suas taxas básicas de juro e as pressões aumentaram para que o Banco do Japão adote a mesma postura em sua reunião de política monetária de sexta-feira.

A avalanche de medidas governamentais para aumentar a liquidez bancária, incluindo 120 bilhões de dólares em novas linhas de swap de moedas entre o Fed e quatro economias emergentes também contribuiu para que os investidores ficassem mais animados em voltar às bolsas de valores.

O índice MSCI da região Ásia-Pacífico, que exclui o comportamento do mercado japonês, subia 10,43 por cento na manhã desta quinta-feira, marcando a terceira alta consecutiva. A última vez que o indicador subiu por três sessões foi em meados de junho.

No Japão, o índice Nikkei da bolsa de valores de Tóquio encerrou o pregão com alta de 10 por cento. Investidores compraram ações da Honda e da Canon, que vinha sofrendo desvalorizações por conta da alta da moeda local, o iene.

O índice Kospi da bolsa da Coréia do Sul subiu 12 por cento, a maior alta diária já registrada pela bolsa local. Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 12,82 por cento.

Em Xangai, o principal índice acionário encerrou o pregão da quinta-feira com valorização de 2,55 por cento, recuperando em boa medida a queda de quase 3 por cento registrada na véspera.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG