Genebra, 11 ago (EFE).- O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) está organizando uma ponte aérea urgente para transportar ajuda aos deslocados internos da Ossétia do Sul.

Segundo um comunicado divulgado hoje, o Alto Comissariado para os Refugiados, António Guterres, desbloqueou US$ 2 milhões das reservas em caráter de emergência da entidade para responder às necessidades imediatas na região.

"Nossa principal preocupação é a segurança dos civis, sejam ou não deslocados. Mobilizamos nossos recursos humanitários e financeiros e vamos estabelecer pontes aéreas para poder ajudar as pessoas, mas precisamos chegar até eles", declarou Guterres.

Está previsto que a primeira ponte aérea parta do centro de distribuição da Acnur em Dubai hoje e transporte 20 mil cobertores e outros artigos de socorro. O segundo vôo partiria na quarta de Copenhague. EFE mh/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.