Tbilisi, 19 ago (EFE).- O chefe do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), António Guterres, pediu hoje à Geórgia e à Rússia que permitam a abertura de um corredor humanitário na zona de conflito.

Guterres fez o apelo durante sua reunião a portas fechadas com o ministro da Reintegração da Geórgia, Temur Yakobashvili, segundo informou a TV georgiana.

Depois de se reunir com representantes do Governo local, o diplomata português visitará os deslocados tanto em território georgiano como em Vladikavkaz, capital da república russa da Ossétia do Norte.

Para o Acnur, o principal problema para a chegada da ajuda humanitária aos refugiados é a presença de grupos armados e as péssimas condições das estradas locais. EFE mv/fr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.