Acnur envia comboio terrestre e avião com ajuda de emergência para Mianmar

Genebra, 10 mai (EFE).- O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) enviou hoje seu primeiro comboio terrestre e iniciou uma ponte aérea com material de emergência para as vítimas do ciclone Nargis em Mianmar (antiga Birmânia).

EFE |

O comboio terrestre partiu neste sábado da Tailândia, segundo um comunicado distribuído hoje em Genebra.

"Este comboio marca um passo positivo no esforço para distribuir a ajuda, algo que até agora foi marcado pelos problemas", declarou Raymond Hall, o representante do Acnur na Tailândia.

"Esperamos que seja aberto um corredor para permitir que chegue mais ajuda internacional às vítimas", acrescentou.

O comboio transporta mais de 20 toneladas de tendas e lonas de plástico para as mais de 10 mil pessoas que ficaram desabrigadas.

Além disso, o texto afirma que foi estabelecida uma ponte aérea a partir de Dubai para levar para Yangun 100 toneladas de material de emergência.

"O que enviamos por terra se junta ao material que já conseguimos obter no terreno em Yangun e às 100 toneladas que começamos a mandar hoje através da ponte aérea desde Dubai", explicou o funcionário do Acnur.

Segundo o comunicado, os dois caminhões cruzaram a fronteira entre Tailândia e Mianmar e o material foi recebido pelo pessoal do Acnur, que o levaram para outro caminhão. A operação aconteceu sem problema algum.

Com relação à ponte aérea, esta manhã partiu o primeiro dos três vôos planejados. Este avião, do Programa Mundial de Alimentos (PMA), transportou 33 toneladas de material e deve chegar a Yangun ainda nesta manhã.

As 33 toneladas são compostas por 4.500 lonas de plástico, 17 mil cobertores e mil kits de cozinha. Os outros dois vôos partirão no início da próxima semana.

O Acnur centra sua ajuda na garantia de que o mais de um milhão de pessoas desabrigadas pelo devastador ciclone possam se refugiar durante estes primeiros dias após a catástrofe. EFE mh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG