Acidentes aéreos matam 25% a menos em 2008

Londres, 7 jan (EFE).- O número de mortos em acidentes aéreos caiu 25% em 2008, em relação a 2007, embora o número de casos tenha aumentado 16,6% no mesmo período, segundo a firma de consultoria aeroespacial Ascend.

EFE |

Segundo ela, 28 acidentes aéreos fatais aconteceram em 2008, contra 24 no ano passado, mas o número de mortos caiu de 730 para 539.

O acidente aéreo mais grave de 2008 foi o da companhia espanhola Spanair, em agosto, quando seu avião caiu logo após decolar do aeroporto de Barajas, em Madri, matando 149 pessoas e deixando apenas 17 sobreviventes.

A taxa de mortos em acidentes aéreos foi de 1 para cada 1,3 milhões de vôos, o que também representa uma melhora a respeito da taxa de uma morte para cada 1,2 milhões de vôos que se mantinha desde o início desta década.

A Ascend destacou que a segurança aumentou sensivelmente na última década, já que, nos anos 90, registrou-se uma média de 37,4 acidentes fatais, com 1.128 mortos por ano. EFE fpb/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG