Acidente na estrada causado por fumaça deixa um morto na Argentina

Buenos Aires, 22 abr (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu hoje e outras cinco ficaram feridas em colisões em cadeia em uma estrada situada 150 quilômetros ao norte de Buenos Aires, provocadas pelo fumaça das queimadas que prejudicam o tráfego há duas semanas.

EFE |

A Gendarmaria voltou a fechar hoje o trânsito na área, na qual a visibilidade ficou muito ruim e onde nos últimos dez dias houve outros grandes acidentes que deixaram nove mortos e 30 feridos, por causa da fumaça originada das queimadas em campos do sul da província de Entre Ríos e do nordeste da província de Buenos Aires.

O motorista de um caminhão morreu esta madrugada ao bater contra outros dois veículos pesados, duas caminhonetes e um automóvel na estrada 9, nos arredores da cidade de San Pedro, o que deixou também dois feridos, informaram fontes policiais.

A poucos quilômetros deste acidente, a cerca de 150 quilômetros da capital argentina, duas colisões deixaram três feridos, um delas em estado grave, disseram as fontes.

A Defesa Civil informou hoje que 80% do incêndio que começou em 9 de abril e afetou 70.000 hectares de campos de Entre Ríos e do delta do Rio Paraná está controlado, com o trabalho de cerca de 300 bombeiros, aviões e helicópteros de transporte de água.

A fumaça também chegou a cidades do sul do vizinho Uruguai.

As autoridades argentinas responsabilizaram proprietários de campos de fazer queimadas para favorecer a renovação do pasto para o gado, e negaram acusações de imprevisão para evitar a propagação do incêndio.

Porta-vozes do Serviço Meteorológico argentino disseram que a rotação do vento fará com que a fumaça volte hoje à capital argentina e seus arredores. EFE alm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG