Acidente em submarino russo deixa 20 mortos na Rússia

Vinte pessoas morreram e 22 foram ficaram feridas neste sábado num acidente a bordo do submarino russo a propulsão nuclear da Frota russa do Pacífico, o pior do gênero desde à catástrofe do Kursk há oito anos.

AFP |

As autoridades afirmaram que os níveis de radiação a bordo estavam "normais".

"Segundo um balanço preciso, 20 pessoas morreram, das quais três oficiais e 17 civis, membros da equipe do estaleiro encarregado da entrada do navio", declarou à Interfax Vladimir Markine, responsável da comissão de investigação.

"Elas morreram inalando gás tóxico emitido numa parte do navio pela ativação do sistema antiincêndio", destacou a três agências de notícias russas.

"Durante um teste de um submarino nuclear, o sistema antiincêndio teve uma falha, matando mais de 20 pessoas, entre as quais militares e operários", anunciou antes á AFP um responsável da marinha russa, o capitão Igor Dygalo.

"O submarino não está com problemas, seu reator funciona normalmente e os níveis de radiação registrados a bordo do submarino são normais", destacou.

"O acidente aconteceu no mar do Japão", disse ainda o capitão ao canal de informação contínua Vesti 24.

Os 22 feridos foram levados a Vladivostok por um navio militar e internados num hospital da Frota do Pacífico. "Eles sofrem de intoxicação de diversos graus", declarou à AFP uma fonte deste hospital.

vn-uh/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG