Acidente em submarino nuclear russo deixa ao menos 20 mortos

Pelo menos 20 pessoas morreram e 21 ficaram feridos neste sábado em um acidente a bordo de um submarino nuclear da frota russa do Pacífico. Autoridades afirmaram que a embarcação não sofreu danos e que os níveis de radiação são normais.

AFP |

"Durante um teste de um submarino nuclear, o sistema anti-incêndios sofreu uma falha e 20 pessoas morreram, entre militares e operários ", anunciou o capitão Igor Dygalo.

No total, 208 pessoas se encontravam a bordo, entre elas 81 militares e funcionários de um estaleiro, acrescentou, sem especificar o tipo de submarino e a eventual presença de mísseis a bordo.

Segundo um especialista citado pela agência Ria Novosti, o submarino não se encontrava em missão e pode se tratar do "Nerpa" (projeto 971 Shuka-B, Akula na classificação da OTAN), submarino de ataque no qual os testes começaram em outubro nos estaleiros de Amur (extremo oriente russo).

O submarino, que se encontrava no Pacífico, recebeu ordem imediata de suspender o exercício e voltar para o porto da região de Littoral (Primorié, capital Vladivostok), no sudeste da Rússia.

As circunstâncias exatas do acidente continuam confusas. O ministro russo da Defesa, Anatoly Serdyukov, informou sobre o incidente ao presidente Dmitri Medvedev, que ordenou uma investigação completa e minuciosa do acidente e toda ajuda e apoio possíveis às famílias das vítimas.

A Rússia guarda uma recordação dolorosa de outro acidente com submarino nuclear, o naufrágio do "Kursk" em 2000, que custou a vida de 118 marinheiros a 109 metros de profundidade.

O "Kursk" afundou durante manobras no Mar de Barents (noroeste da Rússia) em 12 de agosto de 2000 por causa da explosão de um torpedo.

As autoridades russas demoraram em aceitar ajuda estrangeira para salvar os sobreviventes e essa atitude valeu fortes críticas a Vladimir Putin, eleito alguns meses antes e acusado de ter sacrificado os marinheiros em nome do sigilo militar.

    Leia tudo sobre: russiarússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG