Acidente em mina de carvão na China mata 13 e deixa 66 desaparecidos

Pequim, 8 set (EFE).- Pelo menos 13 mineradores morreram e outros 66 estão desaparecidos depois de uma explosão de gás em uma mina de carvão na província chinesa de Henan, informou hoje a agência oficial de notícias Xinhua.

EFE |

O acidente ocorreu na madrugada desta terça-feira em um poço na cidade de Pingdingshan, quando 93 mineradores estavam no lugar, segundo informou um porta-voz local. Quatorze trabalhadores conseguiram escapar depois do acidente.

O poço acidentado passava por uma revisão, ocasião durante a qual o Governo municipal não permite retomar a produção, segundo a "Xinhua", que não deu mais detalhes.

Com mais de três mil mortos em 2008, a exploração de carvão na China é a mais letal do mundo devido à precariedade das medidas de segurança e das necessidades energéticas do país, o que obriga os mineradores a trabalhar em profundidades cada vez maiores, onde as explosões de gás são mais frequentes. EFE mz/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG