O balanço da explosão em uma mina de carvão da região central da China na madrugada de terça-feira aumentou para 42 mortos, ao mesmo tempo que 37 pessoas permanecem bloqueadas, segundo um novo balanço divulgado pelas autoridades.

Ao que tudo indica, a mina de Pingdingshan (província de Henan) operava de maneira ilegal.

Dois altos funcionários do governo local foram destituídos e as 157 minas da região fechadas temporariamente.

sst-frb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.