Acidente em complexo religioso deixa ao menos 60 mortos na Índia

Nova Délhi, 4 mar (EFE).- Pelo menos 60 pessoas morreram hoje e 25 ficaram feridas depois que a estrutura de um complexo religioso em Kunda, na Índia, desabou, provocando uma fuga precipitada de fiéis, informaram fontes oficiais citadas pela agência Ians.

EFE |

O diretor-geral adjunto da Polícia, Brij Lal, disse que os feridos, alguns dos quais estão em estado crítico, já foram levados para hospitais de Pratapgarh, distrito ao qual Kunda pertence, e à cidade de Allahabad, que também fica no estado de Uttar (norte).

Apesar de 60 corpos terem sido recolhidos, as autoridades acreditam que ainda há mais vítimas sob os escombros.

O acidente aconteceu em um templo da seita religiosa Radha Saomi.

Na hora, refeições eram distribuídas gratuitamente aos fiéis. De acordo com a agência "PTI", cerca de 10 mil pessoas estavam no local quando houve o desabamento.

Em 20 de dezembro, pelo menos nove mulheres morreram e seis ficaram feridas em um acidente similar ocorrido em um templo hindu na região ocidental de Gujarat.

Já em setembro de 2008, pelo menos 224 pessoas perderam a vida em uma fuga precipitada registrada na entrada do templo de Chamunda, na cidade turística de Jodhpur, também na região oeste da Índia. EFE mb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG