Acidente de trem na República Tcheca deixa 7 mortos e 67 feridos

Pelo menos sete pessoas morreram e 67 ficaram feridas, 13 delas gravemente, no acidente sofrido hoje por um trem rápido Eurocity em Studenka, no nordeste da República Tcheca.

EFE |

Os dados oficiais foram divulgados pelo Ministério do Interior tcheco, o qual dobra o número de 31 feridos divulgado anteriormente.

O trem, um Eurocity Comenius no qual viajavam 123 pessoas, fazia o trajeto entre a cidade polonesa da Cracóvia e Praga.

Quando circulava por Studenka - 350 quilômetros ao noroeste de Praga - em torno das 10h30 (5h30 em Brasília), colidiu com a estrutura de construção de uma ponte.

A porta-voz dos serviços de Polícia da província de Novy Jicin, Miroslava Michalkova-Salkova, disse que do total de vítimas fatais, seis morreram na hora da colisão -cinco mulheres tchecas e um homem polonês-, enquanto a sétima faleceu a caminho do hospital, e se desconhece ainda sua nacionalidade.

Além disso, "dos feridos graves, há dois franceses, cinco poloneses, e um de fala inglesa", assinalou a porta-voz.

Tanto a locomotiva quanto quatro vagões ficaram destruídos na colisão.

Os danos materiais chegam a 5,6 milhões de euros, segundo a empresa de Ferrovias Tchecos.

O primeiro-ministro tcheco, Mirek Topolanek, interrompeu as férias para visitar o local do acidente, ao qual também acudiu o vice-presidente do Executivo, Jiri Cunek.

    Leia tudo sobre: república tcheca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG