Acidente de helicóptero mata 3 funcionários de emissora australiana

Mau tempo é considerada a provável causa da queda da aeronave. Nesta sexta-feira, rede "ABC" fez uma homenagem às três vítimas

EFE |

Três veteranos membros da equipe de jornalismo da emissora pública australiana "ABC" morreram quando o helicóptero no qual viajavam caiu em uma remota região da Austrália do Sul, informou nesta sexta-feira a imprensa local. As condições meteorológicas adversas são a causa mais provável do acidente, que ocorreu nesta quinta-feira à noite perto do Lago Eyre, a aproximadamente 150 quilômetros da cidade de Marree, segundo a "ABC".

A polícia encontrou nesta sexta-feira os corpos de dois dos três mortos no acidente. "Não esperamos encontrar nenhum sobrevivente", disse Neil Smith, comissário adjunto da Austrália do Sul, após indicar que a identificação completa dos corpos "pode durar alguns dias". Apesar de a polícia não ter divulgado os nomes das vítimas, a "ABC" e a imprensa local apontaram que se trata do jornalista Paul Lockyer, o câmera John Bean e o piloto Gary Ticehurst.

Nesta sexta-feira, o diretor-gerente da "ABC", Mark Scott, declarou que a emissora "teme o pior" e fez uma homenagem aos três "distintos" veteranos da imprensa australiana que estavam filmando um documentário sobre o Lago Eyre. Lockyer esteve entre os primeiros jornalistas a informar sobre as atrocidades do Khmer Vermelho no Camboja e durante nos anos 1980 cobriu os conflitos ocorridos na América Central.

AFP
Emissora "ABC" informou que Paul Lockyer (esquerda), Gary Ticehurst (centro) e John Bean (no detalhe) estavam no helicóptero acidentado

    Leia tudo sobre: austráliaacidentehelicópterorede abc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG