A delegação do governo espanhol confirmou um balanço de 45 mortos no acidente com um avião da companhia Spainair nesta quarta-feira no aeroporto de Madri-Barajas, mas informações desencontradas da imprensam mencionam a morte de 150 pessoas.

Devido às versões contraditórias, não foi possível de imediato estabelecer um saldo de mortos mais preciso.

O porta-voz da companhia gestora do aeroporto, Aena, não pôde precisar as cifras surgidas na imprensa, mas informou que a Spanair já se colocou à disposição das famílias dos passageiros e tripulantes para maiores esclarecimentos.

O avião, um aparelho do tipo MD-90 com capacidade para 173 passageiros, decolou do terminal 4 de Barajas e, minutos depois, teve de realizar um pouso de emergência, quando saiu da pista e se incendiou.

O avião já havia apresentado uma avaria antes de decolar e, por isso, foi submetido a um verificação técnica, o que chegou a atrasar o vôo em mais de uma hora.

O aparelho, que operava o vôo 5022 em código compartilhado com a companhia alemã Lufthansa, se dirigia para Las Palmas, na Grande Canária (ilhas Canárias) com 164 passageiros e nove membros da tripulação.

Os bombeiros do aeroporto enviaram 11 veículos ao local do acidente, enquanto que a Cruz Vermelha despachou 22 ambulâncias e uma equipe de apoio psicológica.

As imagens das TVs mostravam enormes colunas de fumaça envolvendo o avião.

O aeroporto, que se encontrava semivazio apesar do período de férias, permaneceu fechado por mais de uma hora e voltou a operar em seguida.

Uma capela ardente será instalada para que os familiares se confortem enquanto esperam mais notícias.

A Spanair, que pertence ao grupo sueco SAS, apresentou recentemente um plano para suprimir 954 postos de trabalho, de um total de 4.000 empregados.

Depois de regitrar perdas de 41 milhões de euros no primeiro trimestre, a companhia anunciará nesta quinta-feira seus resultados do segundo, que são afetados pela alta do preço do petróleo e pela diminuição dos clientes pelo excesso de companhias que oepram na Espanha.

bur-esb/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.