Acidente de avião em Madri atrasa início de viagem do presidente do Uruguai

Montevidéu, 21 ago (EFE).- O começo da viagem do presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, por Israel, Suíça e Coréia do Sul atrasou oito horas devido ao acidente sofrido por um avião da Spanair na quarta-feira em Madri, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

A princípio, a delegação uruguaia deveria viajar às 13h50 (mesma hora de Brasília) de hoje em um vôo da Iberia para Madri, escala prévia de sua viagem a Israel.

No entanto, o vôo da Iberia que tinha que chegar hoje a Montevidéu vindo de Madri está com um atraso de várias horas, como conseqüência do acidente ocorrido ontem no aeroporto de Barajas, que deixou um saldo de 153 mortos.

Fontes do Aeroporto de Carrasco, em Montevidéu, disseram à Agência Efe que esse vôo deve chegar à capital uruguaia às 20h30 e sua partida a Madri deve acontecer às 22h10.

Por isso, a partida do presidente Vázquez e da delegação oficial que o acompanha "foi adiado para a noite", disseram fontes oficiais à Agência Efe.

No entanto, a agenda de Vázquez não sofrerá modificações, pois sua primeira atividade oficial em Israel está prevista para a manhã da próxima segunda-feira, acrescentaram as fontes. EFE jf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG