Acidente de avião em Amsterdã deixa nove mortos, segundo autoridades

AMSTERDÃ - Um avião da Turkish Airlines com 134 pessoas a bordo caiu ao tentar pousar no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, na Holanda, nesta quarta-feira. A aeronave, um Boeing 737 que havia decolado em Istambul, se partiu em três na queda. Autoridades do aeroporto afirmaram que ao menos nove pessoas morreram e 50 ficaram feridas.

Redação com agências internacionais |

  • Tem fotos ou informações sobre o acidente? Envie para o Minha Notícia

As informações sobre vítimas estão desencontradas. Inicialmente, a Turkish Airlines afirmou que o acidente tinha deixado um morto e 20 feridos. Porém, pouco depois a empresa disse não haver vítimas fatais.

Especialistas ouvidos pela rede CNN disseram que muitos passageiros podem ter sobrevivido, já que não houve explosão após a queda. Testemunhas disseram ter visto grande número de pessoas deixar a aeronave andando.

AFP
Avião partiu de Istambul com 135 pessoas a bordo

Avião partiu de Istambul com 135 pessoas a bordo

Candan Karlitekin, chairman da Turkish Airlines, afirmou que 127 passageiros e sete tripulantes estavam a bordo. Inicialmente, o ministro dos Transportes da Turquia, Binali Yildirim, tinha dito que o avião levava 135 pessoas.

O governo da Holanda disse não saber informar detalhes sobre o acidente. "Nossos pensamentos vão para as pessoas que estavam no avião e, é claro, para suas famílias", disse, em comunicado.

Também não há informações sobre o que teria causado o acidente, mas k, porta-voz do Departamento de Coordenação Antiterror da Holanda, disse não acreditar que o acidente esteja relacionado a terrorismo. "Não há nenhuma indicação nesse sentido", afirmou.

O Schiphol é o quinto maior aeroporto da Europa. O tráfego aéreo está suspenso e as autoridades fecharam a estrada próxima ao acidente.

Leia mais sobre: queda de avião

    Leia tudo sobre: queda de avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG