OVDA, Israel (Reuters) - Um ônibus israelense que levava turistas russos rodou em uma estrada no deserto e caiu num barranco, nesta terça-feira, deixando pelo menos 24 mortos e dezenas de feridos, informaram autoridades. O acidente aconteceu em uma área perto da fronteira com o Egito, na cidade de Eilat, próxima ao Mar Vermelho, no sul de Israel, e foi um dos piores do país em anos.

Soldados, equipes de polícia e de resgate foram enviados ao local e helicópteros do Exército ajudavam no resgate dos feridos.

"Vi pessoas voando para fora das janelas enquanto o ônibus rolava morro abaixo", disse um motorista que testemunhou o acidente.

Corpos, bagagens e destroços estavam espalhados no penhasco ao lado da estrada, enquanto o ônibus estava virado de lado.

A Autoridade aeroportuária de Israel afirmou que as vítimas tinham acabado de chegar de São Petersburgo no aeroporto de Ovda, próximo de Eilat.

Uma fonte da polícia afirmou que as vítimas eram turistas russos. Uma autoridade da embaixada russa em Tel Aviv disse que não tinha informações confirmadas, mas que a embaixada já havia enviado um representante para o local do acidente.

O serviço de resgate Zaka reportou que 24 pessoas morreram e que aproximadamente uma dezena ficou gravemente ferida.

O porta-voz da polícia nacional Micky Rosenfeld disse que helicópteros estavam levando os feridos para um hospital em Beersheba, enquanto outros eram levados por ambulância para um hospital em Eilat.

Eilat faz fronteira com a Jordânia e o Egito, e é um destino popular para turistas israelenses e europeus.

(Por Allyn Fisher-Ilan)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.