Viena, 3 ago (EFE).- Um acidente causou um pequeno vazamento de plutônio dentro de um laboratório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) na Áustria, sem que fossem registradas vítimas, informaram as autoridades locais.

"Uma mostra armazenada no lugar explodiu, o que levou a uma liberação de plutônio dentro do laboratório", informou o Ministério do Meio Ambiente austríaco em comunicado.

A AIEA tem um laboratório em Seibersdorf, ao sul de Viena, onde armazena e analisa diferentes materiais atômicos procedentes de seu trabalho como vigilante nuclear da ONU.

O incidente aconteceu na noite de ontem e foi imediatamente descoberto e isolado pelos sistemas de segurança do complexo, que estava sem funcionários no momento.

Segundo as autoridades, não houve perigo nem para o meio ambiente nem para as pessoas porque a radioatividade foi controlada dentro dos perímetros de segurança.

Segundo o Ministério, a AIEA iniciará uma investigação para determinar as razões do vazamento.

O organismo da ONU criticou anteriormente como antiquadas as instalações do centro, e em novembro passado solicitou aos países-membros 27 milhões de euros (US$ 42 milhões) para modernizar o laboratório nuclear.

Apesar de a Áustria ser um dos países que se opõe mais veemente à energia nuclear - após um plebiscito realizado em 1978 foram proibidas as centrais atômicas - acolhe a única agência da ONU especializada nesse campo. EFE ll/bm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.