Acidente aéreo causa a morte de 24 militares no Sudão

Cairo, 2 mai (EFE).- Pelo menos 24 militares sudaneses, todos eles oficiais do Exército e entre eles o ministro da Defesa do Governo do Sul do Sudão, Dominic Dim Deng, morreram devido à queda de seu avião em algum lugar do sul do país.

EFE |

Todos eles voltavam a Juba, capital do sul do país, após ter assistido a uma conferência em Waw, a segunda maior cidade da região, segundo um comunicado do Governo autônomo do Sul do Sudão.

O vice-primeiro-ministro do Governo autônomo, Riak Mashar, descartou que possa ser um ataque ou uma sabotagem.

Os acidentes aéreos são relativamente freqüentes no Sudão, um país submetido a embargo pelos Estados Unidos. Por isso, o parque aéreo do país não é renovado nem consertado ao mesmo ritmo que em outros países.

O Sul do Sudão tem uma grande autonomia, e não só conta com Governo próprio com todos os ministérios, mas com um Exército. EFE nq/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG