Achada morta menina sequestrada por agressor sexual

Washington, 26 dez (EFE).- A menina de 11 anos que, segundo a Polícia, foi sequestrada de seu quarto por um agressor sexual foi achada morta em uma floresta perto do lugar em que vivia, em Salisbury, Maryland, informou hoje a imprensa.

EFE |

Ontem, vários voluntários ajudaram a Polícia nas buscas pela pequena Sarah Haley Foxwell, que acabou sendo achada morta a cerca de 20 quilômetros de casa.

O corpo da menina vai para a necropsia para que as causas de sua morte possam ser definidas.

Sarah desapareceu na terça-feira à noite. Na hora, ela dormia na casa de sua tia materna, que tem a custódia da criança, segundo a Polícia.

Uma irmã mais nova da menina acordou durante a noite e viu Sarah saindo do quarto com um ex-namorado da tia, um homem com antecedentes criminais por agressão sexual.

O homem, Thomas James Leggs Jr, de 30 anos, foi detido na quarta-feira sob acusações de sequestro e invasão de domicílio.

Leggs Jr terminou a relação com a tia de Sarah há um mês, mas, segundo a Polícia, sabia que a família guardava uma chave na entrada de casa. EFE pgp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG