O acelerador de partículas LHC, que sofreu uma pane alguns dias depois do lançamento, voltará a funcionar no final de setembro deste ano, informou nesta segunda-feira o Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern).

O Grande Acelerador de Partículas (sigla LHC, de Large Hadron Collider (Grande Colisor de Hádrons), construído pelo Cern, representa uma avalanche de cifras impensáveis. O LHC está localizado na fronteira entre Suíça e França. 

O aparelho é composto de um anel com 27Km de extensão (8,6Km de diâmetro) e está enterrado no solo a profundidade média de 100 metros. Vai acelerar prótons a velocidades próximas à da luz até colidirem e destas colisões espera-se chegar a respostas sobre a origem do universo.

Sua principal busca é pelo Bóson de Higgs, uma partícula que, pelo modelo padrão da física, deve ser a responsável pela massa de toda a matéria que existe no universo e, por conseguinte, a gravidade.

Leia mais sobre LHC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.