Ação de cambistas nos Jogos Olímpicos será punida com até 15 dias de prisão

Pequim, 21 jul (EFE).- Os cambistas que tentarem revender ingressos das disputas dos Jogos Olímpicos de Pequim poderão ser punidos com entre 10 e 15 dias de prisão, afirma a agência estatal local Xinhua.

EFE |

A Polícia, que já descobriu vários casos de revenda de ingressos pela internet, acaba de lançar esta advertência com o objetivo de impedir este ato comum em eventos, segundo a agência.

Diante da proximidade dos Jogos Olímpicos, muitos cidadãos procuram ingressos, especialmente para eventos como a cerimônia de abertura.

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Pequim (Bocog, em inglês) afirmou que "a revenda de entradas olímpicas para obter lucro é ilegal", e pediu o apoio das autoridades policiais, que estiveram prontas a desmantelar qualquer tipo de "transação de entradas ilícita".

Na semana passada, terminou o prazo para a "transferência" legal das entradas, que começou em 20 de junho, que deveria ser realizada obrigatoriamente através do Banco da China. EFE cg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG