rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) e que há três semanas aconteceu a primeira vítima fatal no país." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) e que há três semanas aconteceu a primeira vítima fatal no país." /

Acadêmico diz que Rússia tem dezenas de milhares de contagiados por gripe

Moscou - O diretor do Instituto de Virologia Ivanovski, o acadêmico russo Dmitri Lvov, afirmou que na Rússia já há dezenas de milhares de pessoas contagiadas com o vírus da gripe (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.htmlrebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) e que há três semanas aconteceu a primeira vítima fatal no país.

EFE |

A "gripe suína" já está entre nós. Segundo meus cálculos, os doentes contagiados são dezenas de milhares", disse no domingo à noite Lviv em declarações ao canal de televisão estatal "Rossia", reproduzidas por vários meios de imprensa digitais russos.

O virólogo admitiu que neste momento não pode demonstrar suas estimativas com dados concretos, mas adiantou que contará com eles dentro de um par de semanas.

Acrescentou que o primeiro caso fatal de "gripe suína" aconteceu em um dos hospitais de Moscou, para onde a doente foi levada após ser atendida em outro centro médico.

O cientista assinalou que essa paciente contagiou certo número de pessoas no primeiro centro médico onde esteve internada e não se descarta que tenha acontecido uma situação similar no hospital moscovita.

As afirmações de Lviv se contradizem com os dados oficiais russos sobre a "gripe suína".

Segundo o epidemiologista chefe da Rússia, Gennady Onischenko, no país foram registrados 381 casos de gripe A e nenhuma vítima mortal.

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínarússiasaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG