Academia britânica concede Bafta a integrantes do Monty Python

Londres, 18 ago (EFE).- No ano em que se completam 40 anos do estouro do fenômeno Monty Python, a Academia Britânica de Cinema e Televisão anunciou hoje que concederá um prêmio em homenagem ao grupo por sua contribuição ao mundo da comédia.

EFE |

Os integrantes do conjunto receberão o Bafta, o Oscar britânico, no dia 15 de outubro em Nova York por ocasião da pré-estreia do documentário "Monty Python: Almost The Truth (The Lawyer's Cut)", que conta com os depoimentos dos cinco membros do grupo ainda vivos e homenageia Graham Chapman, morto em 1989.

Será a primeira ocasião em que John Cleese, Michael Palin, Terry Jones, Eric Idle e Terry Gilliam se encontrarão desde que estiveram presentes, há quatro anos, na estreia na Broadway do musical "Spamalot", baseado no filme "Monty Python em Busca do Cálice Sagrado" (1975).

Esta também é a primeira vez em que a Academia Britânica presta homenagem aos integrantes do grupo desde 1987, quando receberam o prêmio em reconhecimento à contribuição ao cinema.

O presidente da Academia Britânica, David Parfitt, declarou hoje que a homenagem especial ao Monty Python "é um tributo necessário à tão singular e apreciada instituição britânica".

O grupo alcançou a fama no Reino Unido no final dos anos 60 graças a "Monty Python's Flying Circus", série composta por cenas curtas nas quais a crítica social se mesclava com um humor surrealista. EFE avh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG