Abu Sayyaf liberta enfermeira seqüestrada há 4 meses no sul das Filipinas

Zamboanga (Filipinas), 8 nov (EFE).- Supostos membros do grupo radical islâmico Abu Sayyaf libertaram uma enfermeira que tinha sido seqüestrada há quatro meses no sul das Filipinas depois que sua família pagasse o resgate, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

Preciosa Feliciano, de 24 anos, foi entregue ontem às autoridades na ilha de Basilan, segundo o chefe da Polícia local, o superintendente Bensali Jabarani.

A enfermeira foi aprisionada em julho passado na cidade de Zamboanga, e uma semana depois seus seqüestradores exigiram a sua família 2 milhões de pesos (cerca de US$ 40 mil), uma motocicleta e um rifle automático M-16 por sua libertação.

O Abu Sayyaf ainda mantém pelo menos outros dois seqüestrados, um estudante de enfermaria e um voluntário. EFE rp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG