Tamanho do texto

A abstenção nas eleições legislativas europeias realizadas entre quinta-feira e domingo superou 57%, um recorde, segundo novas estimativas divulgadas nesta segunda pelo Parlamento Europeu.

Os dados, ainda não definitivos, revelam que 57,06% dos 388 milhões de eleitores convocados para votar preferiu não participar do pleito para renovar a legislatura da Eurocâmara.

O número confirma a superação de um recorde para estas eleiçõs, cujo desinteresse popular só se agrava desde 1979. Na votação anterior, em 2004, a abstenção foi de 54,6%.

As legislativas realizadas nos 27 países da União Europeia confirmaram a hegemonia dos conservadores no Parlamento Europeu, com 265 de um total de 736 assentos, bem à frente dos socialistas, que obtiveram 162, segundo números oficiais provisórios.

bur-app/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.