Abrem colégios eleitorais para a escolha do presidente da Ucrânia

Kiev - Os mais de 33 mil colégios eleitorais abriram hoje na Ucrânia para a escolha no segundo e decisivo turno do presidente desta nação europeia de 47 milhões de habitantes, entre a primeira-ministra Yulia Timoshenko e o líder opositor Viktor Yanukovich.

EFE |

Yanukovich, afastado do poder pela Revolução Laranja de 2004, ganhou no dia 17 de janeiro com 35,32% dos votos o primeiro turno do pleito, contra Timoshenko, com 24,36%.

AP

Primeira-ministra e candidata deposita seu voto na urna

Antigo primeiro-ministro apoiado há meia década pela Rússia, Yanukovich se apresenta ao pleito com desejo de revanche por aquela derrota, quando os protestos populares contra a fraude lhe arrebataram a vitória eleitoral.

Timoshenko se apresenta como defensora dos ideais daquela revolução, que prometia democracia e integração na Europa.

A votação começou às 8h horas (horário local, 4h de Brasília) e continuará até às 20h (16h de Brasília), após o que começará a apuração.

Imediatamente depois do fechamento dos colégios serão divulgados os resultados de sete pesquisas de boca-de-urna.

Leia mais sobre: Ucrânia

    Leia tudo sobre: eleiçõesucrânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG