O Exército da Rússia advertiu nesta quinta-feira para o risco de confrontos fatais entre russos e georgianos por causa da polêmica a respeito da Abkhazia, um território separatista pró-russo na Geórgia.

O general Alexander Burutin, subchefe do Estado-Maior das Forças Armadas russas, fez a advertência após a prisão na terça-feira pelas autoridades georgianas de soldados do contingente russo de manutenção da paz mobilizado na área da Abkhazia.

"Devo dizer que nas condições que prevaleceram, os soldados russos tinham pleno direito de usar as armas", declarou Burutin.

"Se acontecer um novo incidente similar, as conseqüências podem ser extremamente sérias, simplesmente sangrentas", completou.

uh/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.