Abkházia diz que não planeja ser parte da Rússia

Moscou, 11 set (EFE).- O presidente da separatista Abkházia, Serguei Bagapsh, afirmou hoje que essa província georgiana não tem intenção de fazer parte da Rússia e que Moscou não guarda ambições desse tipo nem de nenhum outro.

EFE |

"Esta questão hoje não existe. A Rússia não tem nenhum tipo de ambição nem intenção de anexar nada", declarou Bagapsh durante um encontro com os participantes do clube internacional de debates Valdai, segundo a agência russa "RIA Novosti".

O povo da Abkházia expressou sua vontade em um plebiscito, no qual votou a favor da independência, acrescentou o presidente abkhaze.

Ao mesmo tempo, Bagapsh ressaltou que a Abkházia continuará mantendo relações de amizade com a Rússia e continuará levando em conta as opiniões e conselhos do país.

"Agora criaremos um Estado independente e estabeleceremos as melhores relações possíveis com a Rússia, que é nossa parceira mais firme e que nos ajudou nas horas difíceis", acrescentou.

Bagapsh destacou que agora o importante para a Abkházia é que a comunidade internacional avalie de forma correta e compreenda tudo o que aconteceu.

Ao ser perguntado se seria mais fácil viver sendo parte da Rússia, o presidente abkhaze respondeu que, no mundo, existem poucos Estados absolutamente independentes e que até grandes potências como a Rússia e a China estão vinculadas economicamente.

"Não tivemos medo, nós mesmos escolhemos este caminho (da independência). O mais importante para nós é continuar existindo como nação", disse. EFE egw/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG