Abdullah II e Lula examinam meios de promover a paz no Oriente Médio

O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e o rei Abdullah II da Jordânia examinaram nesta quarta-feira os meios de promover avanços no processo de paz entre palestinos e israelenses, atualmente estagnado, indicou o Palácio Real.

AFP |

AFP
Lula (dir.) com o rei da Jordânia em Amã

Lula (dir.) com o rei da Jordânia em Amã


Durante um encontro a portas fechadas, o rei da Jordânia e o presidente brasileiro "examinaram os últimos fatos na região e os meios de superar as dificuldades que impedem o avanço do processo de paz entre palestinos e israelenses com base em dois Estados", indicou o Palácio.

AFP
Rainha Rania da Jordânia com mulher de Lula, Marisa
Rainha Rania da Jordânia
com mulher de Lula, Marisa
Uma reunião ampliada entre as delegações dos dois países permitiu em seguida "o exame dos meios de desenvolver as relações econômicas bilaterais, principalmente nos âmbitos da energia e da tecnologia", acrescentou o Palácio.

Lula chegou nesta quarta-feira a Amã para uma visita de dois dias, a primeira de um chefe de Estado brasileiro à Jordânia.

O presidente brasileiro visitou na segunda-feira Israel e depois foi aos territórios ocupados para tentar impulsionar as negociações de paz entre israelenses e palestinos e defender o diálogo com o Irã.

Ele deixará a região na quinta-feira, depois de visitar o famoso sítio arqueológico de Petra (sul).

Leia também:


Leia mais sobre Oriente Médio

    Leia tudo sobre: brasilisraeljordâniapalestinos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG