Abbas volta a pedir que Hamas assine proposta egípcia de reconciliação

Cairo, 2 mar (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, pediu hoje novamente para que o movimento islamita Hamas assine a proposta do Egito para a reconciliação palestina.

EFE |

Abbas fez este pedido na cidade de Sharm el-Sheikh, no Egito, depois de se reunir com o presidente do país, Hosni Mubarak, segundo a agência de notícias oficial "Mena".

"Estamos esperando que o Hamas vá ao Cairo para assinar esta reconciliação. Tem que assinar primeiro e depois estudaremos todos os pontos que querem negociar", disse Abbas.

No dia 4 de janeiro, o presidente da ANP fez o mesmo pedido ao movimento islamita após uma reunião com Mubarak.

Em 14 de outubro de 2009, os nacionalistas do Fatah anunciaram a assinatura de uma iniciativa de reconciliação apresentada pelo Egito. Porém, o Hamas disse que os mediadores egípcios tinham introduzido questões que não tinham sido discutidas e pediram a inclusão de mudanças para que pudessem assinar o documento.

Abbas também disse que os palestinos tratarão de todos os detalhes da proposta americana para lançar negociações indiretas entre palestinos e israelenses em um encontro hoje à tarde com ministros de Assuntos Exteriores de países árabes.

Esta reunião ocorre às vésperas da conferência dos ministros de Assuntos Exteriores da Liga Árabe no Cairo.

Sobre a possibilidade de que a Líbia, anfitriã da próxima cúpula da Liga Árabe prevista para os dias 27 e 28 deste mês, convide o Hamas para a reunião, Abbas disse que ainda não tinha recebido informações sobre a participação do movimento islamita. EFE hh/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG