Abbas reitera na ONU disposição de obter acordo com Israel até dezembro

Nações Unidas, 26 set (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, reiterou hoje na ONU seu desejo de concluir este ano um acordo de paz com Israel que permita terminar com a ocupação e o sofrimento de milhões refugiados e deslocados.

EFE |

Tal acordo "lideraria a obtenção da paz" entre israelenses e palestinos e "permitiria entrar em uma nova era caracterizada por boa vizinhança, mútuo reconhecimento, segurança e abertura de fronteiras e pelo fim dos muros e barreiras", afirmou em seu discurso na Assembléia Geral das Nações Unidas.

Abbas pediu à comunidade internacional que apóie um consenso para acelerar as negociações com Israel e propicie um acordo de paz, e enfatizou a necessidade de se acabar com todos os obstáculos que impedem o processo de negociação e põem em dúvida a credibilidade das conversas multilaterais.

A Arábia Saudita, a Liga Árabe e a ANP convocaram hoje o Conselho de Segurança das Nações Unidas a revitalizar o processo de paz no Oriente Médio e exigir de Israel que suspenda os assentamentos nos territórios palestinos.

Abbas ratificou que é necessário salvar o acordo assinado este ano na Cúpula de Annapolis (Estados Unidos), que agendava para o fim de 2008 a obtenção de um acordo de paz entre palestinos e Israel.

Ressaltou, no entanto, que a paz não é possível sem o término da ocupação de todos os territórios árabes.

O presidente da ANP também fez um apelo para a reconciliação entre as principais forças políticas palestinas, o Fatah (nacionalista) e o Hamas (islamita), que romperam em junho de 2007, quando o Hamas tomou pela força o poder em Gaza e expulsou da Faixa forças leais a Abbas. EFE va/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG