Abbas quer que conflito palestino-israelense se resolva até o final do ano

Cairo, 27 abr (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, reiterou neste domingo no Egito seu desejo de que o conflito palestino-israelense seja resolvido antes do final deste ano.

EFE |

O líder palestino fez a declaração em entrevista coletiva depois de se reunir com o presidente egípcio, Hosni Mubarak, na localidade turística de Sharm el-Sheik, no litoral egípcio do Mar Vermelho.

"Pedimos a todas as partes (envolvidas no processo de paz) que empreguem o esforço máximo para alcançar um acordo antes do final do ano. Queremos conseguir uma solução antes do fim de 2008", ressaltou Abbas.

Além disso, pediu ao presidente americano, George W. Bush, "que trabalhe para que (Israel) cesse a construção de assentamentos judaicos, com o objetivo de chegar a um tratado que garanta a recuperação das fronteiras anteriores a 1967".

Nesse contexto, Abbas disse que deveria ser buscada a criação de um Estado palestino independente que garanta o contato entre Cisjordânia e Gaza, e que "seja sustentável".

Em relação ao andamento das negociações palestino-israelenses, Abbas revelou que "continuam as conversas, mas até agora não se chegou a nenhum resultado".

Também confirmou que se reunirá com Bush no dia 17 de maio em uma cúpula que será presidida por Mubarak em Sharm el-Sheikh.

O palestino afirmou que em sua reunião comunicou ao líder egípcio o resultado de suas recentes visitas a Washington e Moscou.

Na reunião entre Abbas e Mubarak participaram o chefe dos Serviços Secretos egípcios, geral Omar Suleiman, e o ex-primeiro-ministro da ANP e atual chefe da equipe negociadora palestina, Ahmed Qorei. EFE aj-er/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG