Abbas promete convocar eleições após reconciliação entre palestinos

Madri, 8 jan (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, disse hoje que a convocação para as eleições acontecerá assim que tiver sido alcançada a reconciliação entre os palestinos.

EFE |

Em entrevista coletiva em Madri, Abbas afirmou que a Autoridade defende a democracia e que, "em qualquer momento, quando houver uma reconciliação palestina, haverá eleições legislativas e presidenciais, juntas, ao mesmo tempo".

O mandato de Mahmoud Abbas acaba nesta sexta-feira.

O dirigente palestino foi a Madri para se reunir com autoridades espanholas, após ter visitado a sede das Nações Unidas em Nova York para pedir à organização que impulsione um cessar-fogo na Faixa de Gaza, que sofre com os bombardeios israelenses desde 27 de dezembro.

Abbas, com o respaldo do partido nacionalista Fatah, é o líder da Autoridade Nacional Palestina, estabelecida na Cisjordânia após a ruptura com o movimento islâmico Hamas, que venceu, por maioria, as eleições legislativas palestinas realizadas em janeiro de 2006.

Sobre a eventual reconciliação palestina, Abbas lembrou hoje que já foi decidido que as conversas "ocorrerão no Egito e sob o patrocínio do Egito".

Por isso, "nossa esperança é que estes eventos (ofensiva em Gaza) terminem e que imediatamente comecemos a organizar nossos assuntos internos e alcançar nossos objetivos".

Abbas disse ainda que os palestinos querem "paz e estabilidade para nós e para os israelenses, para vivermos juntos um ao lado do outro, com estabilidade e segurança".

Na entrevista coletiva concedida com o chefe do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, os dois reivindicaram um cessar-fogo imediato na Faixa de Gaza e expressaram apoio ao plano patrocinado pelo Egito e pela França para alcançar uma trégua.

O presidente da ANP disse que viajará amanhã ao Egito para se reunir com o presidente Hosni Mubarak e fazer novas consultas sobre essa iniciativa, à qual desejou "que tenha êxito". EFE mlg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG