Amã, 7 set (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, pedirá à Liga Árabe que apóie a mediação do Egito no diálogo entre palestinos na reunião que os países-membros do bloco realizarão amanhã no bloco.

Abbas assegurou que as negociações entre os palestinos dizem respeito a todos os árabes, em coletiva de imprensa hoje após um encontro com o rei Abdullah II da Jordânia.

"Todos os estados árabes deveriam perceber que estas negociações mais que conversas entre palestinos e israelenses são entre os palestinos, por isso representam os interesses árabes", explicou.

A Liga Árabe realiza amanhã uma reunião centrada na divisão entre as facções palestinas, principalmente o movimento nacionalista Fatah, liderado por Abbas, e o grupo islamita Hamas, que controla a Faixa de Gaza.

Segundo um comunicado oficial jordaniano, na reunião de hoje com Abdullah II, Abbas expôs o desenvolvimento das negociações de paz com Israel. Há uma semana, o rei já havia se encontrado com o primeiro-ministro israelense Ehud Olmert.

Na nota, Abdullah II pede à comunidade internacional que "intensifique seus esforços para alcançar resultados tangíveis" no processo de paz e conseguir "o fim da ocupação israelense nos territórios palestinos e um Estado palestino independente". EFE ajm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.