Abbas pede que ONU atue com imparcialidade

Nações Unidas, 25 set (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, fez hoje uma convocação para que as resoluções da Assembleia Geral e do Conselho de Segurança da ONU sejam aplicadas sem dois pesos e duas medidas.

EFE |

Em seu discurso na Assembleia Geral, Abbas apoiou a exigência dos países em desenvolvimento de reformar as Nações Unidas, incluindo o Conselho de Segurança, para refletir a realidade da situação atual internacional e "torná-la mais representativa".

Segundo ele, a situação no Oriente Médio e "o sofrimento do povo palestino como resultado da ocupação colonial de Israel" é uma evidência mundial desde a ocupação dos territórios palestinos, incluindo Jerusalém, em 1967.

Abbas rejeitou a "intransigência" de Israel por se negar a respeitar as iniciativas e o plano traçado pela comunidade internacional para a retomada do processo de paz no Oriente Médio.

O presidente da ANP e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, se reuniram na terça-feira passada em Nova York com Barack Obama, mas não conseguiram avanços.

"Ele deu muita esperança a nosso povo e às povoações da região quando anunciou sua visão de um acordo de paz sobre a base da solução de dois Estados e a cessação de todas as atividades de assentamentos", assinalou.

Nesse sentido, o presidente da ANP ressaltou que "dava as boas-vindas" à ativa diplomática americana para retomar o processo de paz e todos os esforços dos negociadores para a questão (Nações Unidas, União Europeia, Rússia e Estados Unidos).

O presidente da ANP fez uma chamada à comunidade internacional para que faça cumprir a lei e a legitimidade internacional e para que pressione Israel a cessar os assentamentos, cumprir os acordos assinados e libertar "os dez mil prisioneiros e detidos".

"Precisamos da paz no Oriente Médio, acabar com o extremismo e a violência e conseguir uma região livre de armas nucleares e outras armas de destruição em massa", afirmou. EFE vai/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG