Abbas pede que o Irã deixe de se intromenter nos assuntos palestinos

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, pediu nesta quarta-feira ao Irã - principal apoio internacional do movimento islamita palestino Hamas - que deixe de se intrometer nos assuntos dos palestinos.

AFP |

"Enviamos uma mensagem ao Irã: deixem de se meter em nossos assuntos", afirmou Abbas em uma coletiva de imprensa conjunta com a secretária de Estado americana Hillary Clinton, que realiza sua primeira visita ao Oriente Médio.

"O Irã interfere apenas para aprofundar a divisão entre os palestinos", acrescentou.

O recado de Abbas coincide com a abertura em Teerã de uma conferência de dois dias para arrecadar dinheiro para a Faixa de Gaza.

Em seu discurso inaugural, o líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, pediu ao mundo muçulmano que se some à resistência palestina contra Israel.

"A única forma de salvar a Palestina é a resistência", declarou Khamenei, depois de chamar Israel de "tumor cancerígeno". "Não vamos salvar a Palestina mendigando nas Nações Unidas", acrescentou.

"Apoiar e ajudar os palestinos é um dever imperativo de todos os muçulmanos", afirmou ainda, pedindo que os dirigentes israelenses sejam julgados pela recente ofensiva em Gaza, na qual morreram mais de 1.300 palestinos e 13 israelenses.

O presidente iraniano, o ultraconservador Mahmud Ahmadinejad, também falou durante a sessão inaugural, quando reiterou o pedido de formar uma "frente global antissionista e castigar seriamente os criminosos sionistas".

aet/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG