legalidade internacional - Mundo - iG" /

Abbas pede que Israel respeite legalidade internacional

Havana, 26 set (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, pediu hoje que o mundo exija de Israel o respeito à legalidade internacional durante sua primeira visita à Cuba.

EFE |

Depois de passar por Nova York, onde se reuniu na segunda-feira com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, Abbas reiterou hoje que "estendemos a mão a Israel, e pedimos que responda".

As conversas de segunda-feira não levaram a nenhum avanço nas negociações de paz.

O presidente da ANP chegou ontem à noite a Havana e participou hoje de um ato de solidariedade ao povo palestino organizado no Instituto Cubano de Amizade com os Povos, onde se reuniu com diplomatas árabes e membros da pequena colônia de palestinos em Cuba, majoritariamente estudantes.

"Os palestinos estão comprometidos com a legalidade internacional e as resoluções da ONU, mas rejeitamos a estratégia de 'dois pesos e duas medidas', que consiste na exigência de algumas resoluções e outras não".

Abbas reiterou que os países árabes e islâmicos estarão dispostos a reconhecer o Estado de Israel e manter relações normais com o vizinho quando os israelenses congelarem todas as atividades de assentamentos e se retirarem dos territórios palestinos e das Colinas de Golã, na Síria.

O presidente da ANP lembrou a Israel que se negar a uma retirada dos territórios palestinos e continuar com os assentamentos "trará mais violência e terrorismo, o que não queremos para nosso povo e nossa região".

Após seu discurso, Abbas compareceu à assinatura de três convênios entre a ANP e o Estado cubano: dois memorandos de entendimento nos âmbitos de Educação Superior e Cultura e um acordo de cooperação esportiva.

Segundo fontes palestinas em Havana, agora à tarde, Abbas será recebido pelo presidente cubano, Raúl Castro, com quem terá um jantar oficial. EFE fjo/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG