O presidente palestino Mahmud Abbas pediu novamente nesta segunda-feira o fim imediato e sem condições da ofensiva israelense na Faixa de Gaza, depois de uma reunião com seu colega francês, Nicolas Sarkozy, em Ramallah (Cisjordânia).

"Peço o fim imediado e incondicional da agressão contra meu povo na Faixa de Gaza", declarou Abbas.

O presidente palestino também descartou que seu movimento, o Fatah, se aproveite da operação israelense para reocupar a Faixa de Gaza, de onde fora expulso pelo Hamas em junho de 2007.

"É impensável que trabalhemos para que o Hamas seja destruído com o intuito de substituí-lo. Não vamos aceitar que a pátria seja reunificada pela força das armas", afirmou Abbas.

ezz/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.