Abbas está disposto a se reunir com Netanyahu

Paris, 4 set (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, se declarou hoje disposto a se reunir com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, se houver o congelamento da expansão dos assentamentos nos territórios palestinos.

EFE |

Esse possível encontro "dependerá dos passos" e das medidas que lhe possam preceder em relação com o congelamento da construção nos assentamentos judaicos, disse à imprensa o dirigente palestino, após encontrar em Paris com o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

O que "não é aceitável" para Abbas é a suposta intenção de Netanyahu de aprovar a construção de centenas de casas nos assentamentos judaicos na Cisjordânia, antes de declarar uma moratória nesta atividade para satisfazer as exigências dos Estados Unidos.

Isso é o que disse uma alta fonte não identificada do Escritório do primeiro-ministro citada hoje pela imprensa local.

Ao ser perguntado por esta questão, Abbas insistiu em que não é aceitável e ressaltou: "o que queremos é o congelamento dos assentamentos e o lançamento da fase final das negociações".

Esse é a mensagem que o dirigente palestino transmitiu hoje ao chefe de Governo e ontem ao ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner. EFE pi/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG