Abbas diz que desconfia de êxito de diálogo de reconciliação palestina

Cairo, 27 out (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, afirmou hoje no Cairo que não tem nenhuma garantia para o êxito do diálogo de reconciliação que é mantido entre diferentes facções palestinas com a mediação egípcia, informou a agência oficial Mena.

EFE |

Abbas afirmou isto aos jornalistas após se reunir com seu colega egípcio, Hosni Mubarak, no palácio presidencial na capital do Egito.

"Sinceramente não temos mais nenhuma garantia dos esforços dos países árabes e, sobretudo, do Egito, que confia no diálogo de reconciliação palestina", declarou Abbas.

Em sua reunião de hoje, Abbas e Mubarak discutiram os esforços para impulsionar as negociações de paz entre palestinos e israelenses, o processo de reconciliação palestino e a formação do novo Governo de Israel.

Quanto à conferência de reconciliação prevista para o próximo 9 de novembro no Cairo, que deve contar com a presença de representantes de todas as facções palestinas, Abbas não quis afirmar se estará ou não presente.

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) também declarou que 57 países árabes e muçulmanos estão dispostos a normalizarem suas relações com Israel caso este Estado se retire de todos os territórios árabes que ocupa desde a Guerra dos Seis Dias.

A este respeito, Abbas reiterou seu apoio à iniciativa árabe de paz, que foi aprovada em 2002 e reativada em março do ano passado na cúpula da Liga Árabe em Riad.

Esta iniciativa estipula que os árabes reconheçam o Estado de Israel em troca da retirada total israelense dos territórios que ocupa há 41 anos, incluída Jerusalém Oriental. EFE hh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG