Abbas discutirá com líderes de facções palestinas os ataques na Faixa de Gaza

Ramala, 29 dez (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, discutirá com os líderes das facções palestinas, incluída o Hamas, a situação em Gaza após três dias de bombardeios israelenses que deixaram 313 mortos e 1.

EFE |

400 feridos.

"Agora temos que estar unidos e ser apenas uma mão para deter a agressão contra nosso povo na Faixa de Gaza", declarou Abbas à imprensa enquanto presidia uma reunião de emergência da Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) definiu a situação na Faixa de Gaza de "trágica" e "desesperada", ao anunciar que o encontro do comitê executivo da OLP, iniciado hoje, se concentrará na ofensiva israelense.

"Desejamos uma pronta recuperação a nossos feridos e condenamos este último ataque contra nosso povo", declarou.

Abbas também pediu à comunidade internacional que "detenha esta agressão", como já fez nos últimos dias a "todos os atores árabes, regionais e internacionais".

Além disso, expressou seu desejo de que Israel e Hamas renovem a trégua de seis meses em Gaza que mantiveram com a mediação egípcia desde junho para que "a calma volte a nosso povo na Faixa e se evite mais sofrimento, que cresce quando aumenta o bloqueio israelense".

Há dez dias o movimento islâmico recusou prorrogar o cessar-fogo por considerar que Israel descumpria sua parte do acordo. EFE sa'ar/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG