Abbas anuncia possível adiamento de pleito presidencial para 2010

Jerusalém, 14 set (EFE).- As eleições presidenciais palestinas podem ser atrasadas em um ano para coincidir com o pleito legislativo de janeiro de 2010 e incluir Jerusalém Oriental, disse o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.

EFE |

"Acho que as eleições para o Parlamento e a Presidência teriam que ser juntas, em janeiro de 2010. Decidiremos isso e baixaremos um decreto presidencial a respeito", declarou Abbas ao jornal israelense "Ha'aretz".

O presidente da ANP acrescentou: "Exigiremos que as eleições também sejam realizadas em Jerusalém", cuja metade leste é ocupada por Israel desde 1967 e que os palestinos reivindicam como capital de seu futuro Estado.

Abbas não disse se concorrerá à reeleição, já que, segundo suas declarações, ainda não tomou uma decisão a respeito.

Sobre as negociações de paz entre palestinos e israelenses, Abbas disse que duvida que possa haver um acordo "antes do fim de 2008", prazo estipulado pelas duas partes quando as negociações foram retomadas na Conferência de Annapolis (Estados Unidos), em novembro do ano passado.

Por enquanto, "não houve avanços nas negociações", declarou o presidente da ANP, que afirmou que os seis principais assuntos em debate (refugiados, fronteiras, segurança, assentamentos, água e Jerusalém) ainda estão em aberto.

Abbas se mostrou decepcionado pelo fato de que, passados 15 anos desde os Acordos de Oslo, as partes ainda selaram a paz.

"É incrível, vai além de toda a imaginação não termos conseguido um trato até agora", disse Abbas, que reiterou seu apoio aos Acordos de Oslo. EFE aca/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG